x bet club

Ucrânia pede reunião da ONU para conter "chantagem nuclear" da Rússia

Segundo Ucrânia, intenções de Putin "não podem deixar de causar preocupação especial"

Ucrânia pede reunião da ONU para conter "chantagem nuclear" da Rússia

O Ministério das Relações Exteriores da Ucrânia divulgou uma nota, neste domingo (26.mar), em que pede a "convocação imediata" de uma reunião extraordinária do Conselho de Segurança da ONU para conter "a chantagem nuclear do Kremlin". No sábado (25.mar), o presidente da Rússia, Vladimir Putin, afirmou que pretende posicionar armas nucleares táticas no território de Belarus, que faz fronteira com a Ucrânia.

+ Leia as últimas notícias no portal x bet club

Segundo o governo ucraniano, a declaração "é mais um passo provocativo do criminoso regime de Putin, que mina os princípios do Tratado de Não-Proliferação de Armas Nucleares, a arquitetura de desarmamento de armas nucleares e o sistema de segurança internacional como um todo".

"Tais intenções não podem deixar de causar preocupação especial para toda a comunidade mundial, porque a Rússia as declara sob as condições de continuar sua guerra agressiva não provocada contra a Ucrânia", complementa o Ministério das Relações Exteriores, na nota divulgada neste domingo.

Nela ainda, a pasta apela à sociedade de Belarus que impeça a implementação da intenção manifestada por Putin no sábado, e ao G7 e à União Europeia que alertem as autoridades belarussas sobre "as consequências de longo alcance" para Belarus se aceitarem armas nucleares táticas da Rússia em seu território nacional.

Veja a nota na íntegra:

As últimas declarações da Federação Russa sobre a intenção de implantar armas nucleares táticas no território de Belarus são mais um passo provocativo do criminoso regime de Putin, que mina os princípios do Tratado de Não-Proliferação de Armas Nucleares, a arquitetura de desarmamento de armas nucleares e o sistema de segurança internacional como um todo.

Tais intenções não podem deixar de causar preocupação especial para toda a comunidade mundial, porque a Rússia as declara sob as condições de continuar sua guerra agressiva não provocada contra a Ucrânia. Apesar dos horríveis crimes contra a humanidade e crimes de guerra com que o Kremlin acompanha esta guerra de agressão contra um Estado soberano, a Rússia demonstra a sua incapacidade de vencer no campo de batalha.

A Ucrânia apela à sociedade belarussa para impedir a implementação de intenções criminosas relativas ao posicionamento de armas nucleares no território de Belarus, em violação das suas obrigações decorrentes do Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares, que tornará ainda mais este país um refém do Kremlin e têm consequências catastróficas para o seu futuro.

Apelamos aos países do Grupo dos Sete e à União Europeia para alertar as autoridades belarussas sobre as consequências de longo alcance para Belarus se elas concordarem em aceitar armas nucleares táticas da Rússia em seu território.

A Ucrânia espera ações efetivas para conter a chantagem nuclear do Kremlin pela Grã-Bretanha, China, EUA e França, em particular, como membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU, que têm uma responsabilidade especial de prevenir ameaças de agressão com o uso de armas nucleares. Exigimos a convocação imediata de uma reunião extraordinária do Conselho de Segurança da ONU para esse fim.

A Ucrânia pede a todos os membros da comunidade mundial que provem ao criminoso regime de Putin a inaceitabilidade categórica de suas próximas provocações nucleares e que tomem medidas decisivas para deter e impedir efetivamente qualquer possibilidade de uso de armas nucleares pelo Estado agressor.

A Rússia mais uma vez confirma sua incapacidade crônica de ser um administrador responsável de armas nucleares como meio de dissuasão e prevenção da guerra, não como uma ferramenta de ameaças e intimidação. O mundo deve se unir contra aquele que ameaça o futuro da civilização humana.

Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
mundo
ministério
relações exteriores
ucrânia
guerra-na-ucrania
rússia
chantagem nuclear
belarus
armas nucleares
intenção
vladimir putin
g7
união europeia
reunião

Últimas notícias

Virada em Copacabana contou com doze minutos de fogos; assista

Virada em Copacabana contou com doze minutos de fogos; assista

Estimativa é de que dois milhões de pessoas tenham participado da festa na tradicional praia do Rio de Janeiro
Cinco casos da bactéria que causou surto na China são confirmados em São Paulo

Cinco casos da bactéria que causou surto na China são confirmados em São Paulo

Testes positivos foram em crianças de uma mesma escola, em Santo André, no ABC paulista
Reajuste na passagem de metrô e trem em São Paulo começa a valer nesta segunda-feira

Reajuste na passagem de metrô e trem em São Paulo começa a valer nesta segunda-feira

O valor da tarifa sobe de R$ 4,40 para R$ 5. O aumento vale para todas as linhas, inclusive as privatizadas
Mega da Virada: cinco apostas acertaram os seis números

Mega da Virada: cinco apostas acertaram os seis números

Valor chegou a R$ 589 milhões, o mais alto da história das loterias da Caixa. Veja cidades dos vencedores
Paris e outras capitais europeias celebram 2024; veja vídeos

Paris e outras capitais europeias celebram 2024; veja vídeos

Na França, a comemoração marca também o início dos Jogos Olímpicos
Mega da Virada: confira os números sorteados

Mega da Virada: confira os números sorteados

Concurso paga o maior valor da história: R$ 588,8 milhões. E não acumula
Mega da Virada: confira horário do sorteio e onde assistir ao vivo

Mega da Virada: confira horário do sorteio e onde assistir ao vivo

Prêmio estimado é de R$ 570 milhões, valor mais alto da história do concurso
Zanin é sorteado no STF relator do recurso de Bolsonaro contra inelegibilidade

Zanin é sorteado no STF relator do recurso de Bolsonaro contra inelegibilidade

Pedido do ex-presidente para anular condenação do TSE, que o afastou das urnas até 2030, cai com indicado de Lula
Alckmin comenta resistência do Congresso sobre reoneração da folha: “acredito no diálogo”

Alckmin comenta resistência do Congresso sobre reoneração da folha: “acredito no diálogo”

Governo insiste em reoneração da folha de pagamentos para arrecadar e chegar ao déficit zero nas contas públicas em 2024
RJ: Adolescente é apreendido após dormir em shopping para furtar lojas

RJ: Adolescente é apreendido após dormir em shopping para furtar lojas

Segundo a polícia, ele roubou 24 relógios, 09 aparelhos celulares, 06 correntes banhadas a ouro e 02 fones de ouvido
x bet club Mapa do sitex bet club Mapa do site